Em pelo ano de 2019, enquanto muitas empresas ainda sequer possuem um site, muito menos um blog ativo, outras como  a Autodesk estão se posicionando na internet com toda a força. Para quem não conhece a empresa, a Autodesk é uma produtora de softwares de design e também de conteúdo. Um dos seus principais produtos é o AutoCAD - muito utilizado por engenheiros, arquitetos e outros profissionais. 

Mesmo com grande presença no mercado, a Autodesk continua investindo em marketing e, uma de suas grandes apostas é a produção de conteúdo. A empresa conta com mais de 200 blogs, cada qual para um de seus diversos produtos. A empresa estimula a conversação entre seus milhares de usuários ao redor do mundo, buscando uma liderança que vai além do financeiro: liderança de pensamento. 

Com o objetivo de fornecer insights valiosos para o mercado e para os profissionais, a Autodesk prova que se preocupa muito mais do que apenas a qualidade e o desempenho dos seus softwares. E isso tudo é possível através de muita produção de conteúdo. Conteúdo esse que só cresce, na medida em que a audiência participa e contribui com mais insights, opiniões e feedbacks. 

A grande vantagem de tudo isso não fica apenas na exposição da marca e atração de visitas orgânicas - o que não deixa de ser muito bom – mas sim, na disseminação de novas ideias, na contribuição para inovações no setor, o que faz com que a empresa se mantenha na frente, pronta para desenvolver novos produtos que satisfaçam as novas demandas profissionais. 

A Autodesk incentiva seus usuários a criar conteúdo. Através do site “Showcase” a empresa convida os usuários a publicarem seus trabalhos, abrindo espaço para feedbacks, comentários, e votar nos projetos favoritos. Assim, todo mês a empresa seleciona um projeto vencedor, apresentando-o para comentar sobre o trabalho realizado. Esse tipo de interação faz com que o usuário se sinta mais do que especial: faz com que se sinta parte de um grupo. Certamente irá continuar a consumir os produtos da empresa com grande satisfação.


Página Showcase da Autodesk

Conteúdo como ferramenta propulsora 

Através de grandes investimentos em produção de conteúdo, a Autodesk está contribuindo para o aumento do movimento DIY (Do It Yourself) ou conhecido aqui no Brasil como “faça você mesmo”. Cada vez mais seus softwares estão saindo das grandes empresas, e indo direto para as mãos de pequenos proprietários e profissionais autônomos. 

Aliás, este é um dos objetivos da empresa: softwares acessíveis para pequenas empresas, empreendedores e estudantes. A Autodesk quer fazer com que mais e mais pessoas atinjam proficiência tecnológica. Sabe que, a promover a criação de novos profissionais e gerar mais empregos, seja dentro de empresas ou pela criação de novas empresas, ela firma seus produtos na mente das próximas gerações de profissionais. 

Para isso, além de contribuir com uma comunidade rica em conteúdo, também investe em fundos para empreendimentos tecnológicos. O objetivo é fomentar a inovação que, utilizará  seus softwares para o desenvolvimento. 

Esse é o poder propulsor do conteúdo, extremante para a Autodesk e muitas outras empresas. Quanto mais conteúdo, mais interação, mais conversas, mais inovação, mais produção e muito mais clientes e defensores da marca. O melhor disso tudo é que essa é uma estratégia barata se comparada com muitas outras do universo de marketing. 

A produção de conteúdo pode ser realizada por uma equipe interna da empresa, ou terceirizada através de uma agência ou empresa produtora de conteúdo, desde que tenha um elo de ligação com a empresa cliente, um responsável designado a fazer a ponte entre o conhecimento da empresa com a agência. 

No caso da Autodesk, a responsabilidade pela produção do conteúdo de um de seus blogs, Spark, ficou a encargo da Contently - empresa especializada em produção de conteúdo. 

Conteúdo e marketing andam juntos 

É preciso sempre lembrar que boas estratégias de conteúdo devem acompanhar boas estratégias de marketing. A produção de conteúdo é uma ferramenta poderosa quando alinhada com um plano de marketing.

Para tanto, é preciso sempre planejar a produção de conteúdo seguindo os objetivos de marketing. Se a empresa quer atrair mais visitantes online, precisa criar textos otimizados para buscadores (SEO); se o interesse reside em educar e levar os clientes para o processo